Estudo mostra como os Youtubers impactam as emoções da audiência

Estudo mostra como os Youtubers impactam as emoções da audiência

É hipnotizante assistir um criador que expressa sentimentos com os quais nós concordamos, reforçamos nossas crenças, aplaudimos, mas se essa hipnose for negativa, ela pode mudar nossas próprias emoções. Um estudo inédito feito por pesquisadores da Universidade de Tilburg, na Holanda, examinou 2.000 vídeos em formato vlog no YouTube (focando em canais com mais de 10 mil inscritos) para entender essa tendência de ter emoções semelhantes às outras como resultado de suas expressões emocionais ao assistir vloggers no YouTube.

Através dos comentários em resposta aos vídeos, os pesquisadores encontraram evidências de que há uma resposta emocional contínua e imediata ao conteúdo do vídeo. Ou seja, as pessoas ficaram alegres ao ver um vlogger ser alegre, e as pessoas que tendiam a ficar com raiva foram atraídas para vídeos que mostravam pessoas que estavam igualmente zangadas.

 Fonte: Social Psychological and Personality Science

O gráfico mostra o efeito do conteúdo do vídeo nas emoções de quem os assiste. O dado mais assustador é que em 94% dos casos, as pessoas que assistiram os vídeos passaram a se sentir como o vlogger, com o mesmo sentimento. O mesmo acontece com o canal do vlogger como um todo. Dá pra concluir que como criador você atrai o sentimento que expressa.

Sabendo que quem te assiste é atraído por pessoas e vídeos que já são parecidos com elas, cheque os comentários dos seus vídeos e pergunte a si mesmo:

Você faz a sua comunidade mais feliz ao te assistir? Você poderia tentar criar conteúdo que inspire mais emoções positivas ?

Como ser uma boa influência, afinal?

Se fosse fácil dizer para vocês como ser influente, a pesquisa feita pela Universidade de Tilburg nem se faria necessária. Como criadores não lidamos com máquinas mas com seres humanos carregados de emoções, que por muitas vezes podem até sentir empatia pelos seus sentimentos negativos nos conteúdos que publica. Talvez esteja ai o começo do entendimento sobre como ser uma boa influência para nossas comunidades: a empatia. Se colocar no lugar da audiência e pensar: como eu posso ajudar essas pessoas hoje? 

Uma das ferramentas usadas nos meus treinamentos para criadores é o mapa de empatia. Nele, você poderá fazer um exercício prático e guiado para tentar chegar nessas respostas. Faça esse exercício com frequência (pelo menos um vez por ano) para entender se o conteúdo que você produz tem sido bom para sua comunidade e uma dica simples e efetiva é transformar as respostas à essas perguntas em conteúdo que ajude a sua comunidade com os dores que ela tem.

Mostrar suas emoções negativas não é proibido, mas lembre-se de que, quando o fizer, faça com muita empatia com seu público e lembre-se que toda emoção presente no seu conteúdo impactará as pessoas.

Aqui o mapa para você baixar e usar. Faça bom uso <3

mapa de empatia youtubeE se você tiver interesse por pesquisas acadêmicas aqui tem mais infos sobre esse estudo.

Escrito por el / 527 Visualizações

Sin Comentarios

Por favor publique un comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *